Fim de relacionamento sem mágoas

Em depoimento emocionante postado no Facebook, ex-marido mostra que é possível terminar uma relação com respeito e amizade.

Quando a maioria dos casais se separa, muitas divergências entre os dois surgem. Brigas podem marcar esse delicado momento, mas isso não é uma regra, como demonstrou o jornalista Eduardo Luiz Klisiewicz, que postou um emocionante relato sobre o fim do seu relacionamento com Daniele Natel:

“Essa foi a última foto que eu e a Daniele Natel tiramos como marido e mulher. Nesta terça-feira (6) nosso casamento oficialmente chegou ao fim. Vivi os melhores anos da minha vida (pelo menos até aqui) ao lado da Dani e sou extremamente grato a ela por isso. Vivemos três anos de namoro, dois de noivado e quase cinco de casados sem uma briga sequer e assim, com o sorriso nos lábios, encerramos nossa história de amor. Será melhor para os dois.

Embora as circunstâncias de uma separação comumente tendam a botar os ex-companheiros em lados opostos, via de regra brigando e se odiando, não somos assim. Da mesma forma que nosso amor foi único e eterno em quanto durou, nossa separação foi suave e diferente de muitas outras também. Claro que ninguém ficou feliz, sofremos um bocada, cada um do seu jeito, mas cumprimos à risca um compromisso assumido desde os primeiros dias de namoro. A ideia era de que no momento exato em que percebêssemos que não seriamos felizes com nossas escolhas, seríamos honestos e avisaríamos outro da nossa decisão. No nosso caso, foi ela quem quis assim. Mas, tenham a certeza, poderia ter sido eu e assim ocorreria a eventual separação.

Ir em busca da nossa felicidade foi sempre o que nos moveu. Se essa tal felicidade estivesse em algum lugar em que não poderíamos estar juntos, como de fato está acontecendo, que assim seja. E assim foi. Todo mundo tem o direito de ser feliz. Não tenho raiva e nem mágoa da Dani por tudo isso que está acontecendo. Desejo a ela só coisas boas, assim como o fiz durante o tempo em que ficamos juntos. Quero bem a todos seus parentes, dos mais próximos aos mais distantes, assim como a todos os seus/nossos amigos. Dani, obrigado por cada sorriso e cada sentimento que compartilhamos nesse tempo todo. Vá em busca da sua felicidade. Rezo para que você a encontre o mais breve possível. Deus te abençoe.

15370202_1145881515465468_8167802786458380687_o

                                                                                          Foto: arquivo pessoal

Fiz questão de tirar essa foto ainda no cartório, pouco antes de assinar os papéis, pra mostrar que é possível fazer diferente. Seja em casa, na rua, com seu parceiro ou mesmo um desconhecido. Amigos, amem mais. Com intensidade, como devoção, com entrega. Vale a pena amar. Vale a pena acreditar no amor e no respeito”.

O que achou do post do Eduardo? Conseguiria terminar um relacionamento dessa forma amigável?

Leia também