Depilação a laser: seis mitos e verdades

Especialista desvenda as principais dúvidas sobre o procedimento.

O assunto já foi tratado diversas vezes no portal, mas as dúvidas continuam surgindo. Qual a mulher que nunca se imaginou livre dos pelos indesejados e, consequentemente, das doloridas sessões com cera ou o incomodo com as lâminas? A Patricia Garbuio, nossa blogueira de beleza, também já tratou do tema aqui. Para acabar com o sofrimento, investir em depilação a laser é uma opção segura e eficaz e o caminho para conquistar uma pele lisinha.

Ingrid Peres, fisioterapeuta dermato-funcional da ONODERA Estética, explica como funciona o procedimento. “A tecnologia da depilação a laser é baseada em uma energia em forma de luz que, ao ser aplicada na pele, é atraída pela melanina que fica na raiz do pelo. Essa energia destrói e retarda a capacidade dos folículos de produzir um novo pelo. O tratamento consiste em várias sessões (em média 6), pois nem todos os pelos são eliminados na primeira aplicação. Os fios que não forem totalmente destruídos vão crescer mais finos e claros”, destaca.

Apesar de muitas mulheres aderirem a este tipo de depilação, alguns mitos ainda rondam o assunto. Abaixo, a especialista desvenda as principais dúvidas. Confira:

 1.        Posso fazer uma sessão a laser por semana até que os pelos acabem

MITO. O intervalo entre as sessões deve ser de um mês. Esse tempo é necessário para que o pelo volte a crescer e fique no período ideal para que o laser haja sobre ele. Para eliminar todos os pelos são necessárias de 4 a 8 sessões, mas este número varia dependendo do tipo de pele, coloração e quantidade de pelo de cada pessoa.

 2.        O resultado dura em média 4 anos

VERDADE. O resultado dura, em média, quatro anos. Após este período, pode ser necessária apenas uma sessão de manutenção, pois caso os pelos eliminados voltem a nascer, eles não voltarão na mesma quantidade, nem espessura de antes.

 3.        Não há contraindicação

MITO. O método é contraindicado para grávidas, pessoas que estão fazendo tratamento com ácidos ou tomando isotretinoína (contra acne).

 4.        Pessoas negras ou muito claras podem fazer o procedimento

VERDADE. O laser, no geral, é eficaz em todos os tipos de pele. No entanto, se os pelos forem muito finos, claros demais, ou se a pele for mais morena ou bronzeada, pode ser necessário um número maior de sessões.

 5.        A depilação a laser elimina os pelos encravados

VERDADE. Como o método utiliza a energia do laser para destruir a raiz que produz o pelo, eles crescem corretamente ou deixam de nascer, o que diminui a incidência ou elimina as inflamações.  

 6.  É permitido usar outros métodos de depilação que arrancam a raiz do pelo durante o tratamento

MITO. Não é indicado o uso de métodos que arrancam o pelo pela raiz por pelo menos quatro semanas antes e durante o tratamento, pois o laser age na raiz do pelo. O único método permitido antes e durante permitido é uso de lâminas.

Leia também