Tratamentos modernos para as celulites

Conheça alguns tratamentos mais eficazes para o problema. Radiofrequência, correntes elétricas, ultrassom e drenagem linfática ajudam a atenuar o temido aspecto de casca de laranja à pele.

A celulite é um pesadelo que assombra e afeta 80% das mulheres. Existem algumas formas para combater este inimigo, além de seguir uma dieta equilibrada e incorporar a prática regular de atividade física, os tratamentos estéticos são aliados poderosos contra o mal, esclarece a fisioterapeuta Ingrid Peres, gerente científica da Onodera Estética.  “Os aparelhos que usam radiofrequência, ultrassom e correntes elétricas representam o que há de mais novo nesta guerra. Eles costumam trazer uma série de benefícios que atenuam a celulite grave, inclusive, aquela que está em estágio mais avançado”, explica.

Seis dúvidas - e suas respostas - que toda mulher tem sobre a celulite!

Nossa blogueira Patrícia Garbuio, do Beleza Alternativa, já falou sobre o tema nesse post: CLIQUE AQUI

Confira abaixo alguns tratamentos que podem ajudar a reduzir a celulite:

ONOSCULPT – Combina 4 diferentes tecnologias: ultrassom, microcorrente, lontoforese e endermologia. O objetivo da terapia combinada é ativar o sistema circulatório, reduzir as células de gordura, aumentar a oxigenação, nutrir, diminuir o inchaço e ajudar na mobilização tecidual. As sessões duram de 15 a 30 minutos e devem ser realizadas no mínimo 10 vezes.

POWERSHAPE – Utiliza 3 tecnologias: sistema de sucção, luz de LED e radiofrequência. Ele ativa a circulação sanguínea, além de estimular a produção de colágeno e fibras elásticas. A radiofrequência combinada com o led que aumenta o metabolismo da gordura e estimula o colágeno, melhorando a aparência da pele e o contorno corporal. Cada sessão dura 20 minutos, por região do corpo, e deve ser realizada uma vezes na semana, no mínimo 10 sessões.

DRENO REDUX – Procedimento que une técnicas de massagem modeladora e drenagem linfática. Ativa o sistema circulatório e linfático e aumenta o metabolismo, reduzindo assim a gordura localizada e o inchaço no corpo. As sessões devem ser realizadas pelo menos 10 vezes e duram cerca de 1 hora.

ONOSCULPT FOCUS – Combinação de ultrassom focado, corrente galvânica e endermoterapia ajuda na diminuição de gordura localizada, principalmente para eliminar a chamada gordura subcutânea ou dura, aquela que fica entre a musculatura e a derme e é difícil de perder. A endermoterapia ativa a circulação, enquanto a corrente galvânica ajuda o creme ativo usado no tratamento a penetrar na pele. Por fim, o calor do ultrassom quebra as células de gordura, diminuindo seu tamanho e quantidade. Cada sessão dura 30 minutos, mas a frequência deve ser de até três vezes na semana, com um dia de intervalo e no mínimo 10 sessões.

Mais informações: www.onodera.com.br

Leia também