Pink Millennial, a cor que invadiu as ruas!

Oii, gurias!

Tudo bem?

O pink millennial, é uma tendência que começou com o rose quartz, uma das cores de 2016, mas ao invés de perder força, o rosa suavizou e continua com força total em 2017. Desde as passarelas, nas ruas, até na decoração ele é sucesso absoluto. Acredita-se que isso tem a ver com o momento que estamos passando no mundo, e ao invés de o rosa surgir como uma cor romântica, ele vem como símbolo de suavidade contra qualquer tipo de preconceito de gênero. Para quem quer incorporar essa cor no dia-a-dia, surgem algumas dúvidas de como usar nos looks, então segue abaixo algumas dicas.

Pergunta: fica bem para todos os tons de pele?

Gostaria de dizer que na consultoria de imagem o objetivo é que as pessoas se sintam bem com a sua imagem, então não acreditamos que exista certo e errado, ou seja, apenas ensinamos qual o efeito das cores na pessoa. Assim a pessoa tem o poder de decisão sobre a imagem que quer passar. Sendo assim, nesse caso, pessoas com um tom de pele muito claro, podem ter o efeito de se “apagar” ao usar essa cor muito próxima ao rosto, então sugeriria usar uma calça ao invés de uma blusa e/ou casaco, mas se o objetivo for suavizar ou passar despercebida em alguma situação, pode ser uma boa opção. Abaixo um exemplo:

Pergunta: posso usar um look inteiro dessa cor?

Siiiim, lembrando que por ser uma cor suave ela irá passar um ar mais delicado, e por ser a cor “do momento” irá dar uma sensação de modernidade e dependendo da peça até elegância. Abaixo alguns exemplos:

E por fim é uma cor muito democrática, que fica bem combinada com todas as cores, ou seja, muito fácil de se adaptar a qualquer roupa que temos, segue abaixo alguns exemplos:

Para mais inspirações sobre a consultoria de imagem sigam a minha página @essencianovestir ou a página no facebook !

E para sugestões do que vocês querem ler mais por aqui enviem e-mail para [email protected]

Beijos,

Tags:, , , ,

E quando o corpo muda?

Oii, gurias! Tudo bem?

Muitas pessoas buscam a consultoria de imagem em momentos de transição, principalmente quando essa mudança é o próprio corpo. Esses dias conversando com a minha prima, Carolina Calazans que fez cirurgia bariátrica há uns 4 anos, me surgiu a ideia de questionar como foi a adaptação dela ao novo corpo e aproveitar o tema e dar dicas sobre o assunto. Afinal é ótimo perder uns quilinhos e poder se esbaldar escolhendo “modelitos”.

A primeira curiosidade que tive em relação a essa transição dela, foi saber qual o maior desafio que enfrentou na hora de escolher as roupas, segue a resposta:

Carolina C.: Meu maior desafio foi me enxergar magra, pois tudo mudou muito rápido. Então sempre que ia comprar uma peça nova pegava um número maior, e as roupas não ficavam tão legais.

Dica: quando mudamos o corpo, é preciso se adaptar ao novo formato, então pegar uma peça em dois tamanhos economiza tempo na hora de ir ao provador.

Pergunta: foi possível salvar alguma roupa?

Carolina C: não deu para salvar nada, tudo era muito grande, tive que doar tudo. Precisei fazer um guarda roupa completamente novo.

Dica: se a perda de peso foi tão radical quanto a dela, realmente fica muito difícil fazer ajustes, mas se foi apenas alguns quilinhos, é possível apertar o cós da calça, ou ainda transforma blusas mais cumpridas em vestidos, com um cintinho, como esse exemplo abaixo:

Pergunta: Tu acreditas que teu estilo mudou?

Carolina C: Meu estilo não mudou, embora as pessoas acharem que sim. O que mudou foi as roupas que eu curtia me servirem, a moda plus size na época era horrível, hoje em dia está bem melhor.

Dica: estar acima do peso, não impede de ter o seu estilo, mas também acredito que a moda plus size de fato evoluí muito, então para quem ainda não perdeu os quilinhos extras, segue abaixo algumas inspirações:

Pergunta: Qual foi a peça que mais fez tu ficar feliz em poder usar?

Carolina C: foram muitas peças, fiquei feliz em vestir uma calça jeans 38, coisa que eu nunca tinha feito. Casacos com cortes lindos, blusas e principalmente vestidos, me realizava nos provadores das lojas, vestidos de festa então nem se fala. Ahhhh, conseguir usar um salto alto sem sentir dores horríveis foi maravilhoso.

Dica: para quem perdeu uns quilinhos, é ótimo marcar a cintura, pois além de deixar mais feminina, valoriza o novo shape.

Pergunta: quais os cuidados que tu ainda tens na hora de escolher a roupa?

Carolina C: Sempre tenho a sensação que a roupa não vai me servir, então sempre escolho dois tamanhos. Procuro, também, vestir coisas que não marquem de mais, que me deixem mais “magrinha” e com estilo. A sensação de gostar de uma roupa e ter meu número é sensacional!

Abaixo a própria Carol com looks que ajudam a alongar:

Vestido da mesma cor e marcando a cintura

Vestido com listra lateral, ajuda a dar a sensação visual de que o corpo é mais fino, ou seja, alonga.

Querem conhecer mais da história da Carol? Sigam ela no instagram: @karolzinhacalazans

Gostaram das dicas? Não deixem de comentar!

Para mais inspirações sobre a consultoria de imagem sigam a minha página @essencianovestir ou a página no facebook.

E para sugestões do que vocês querem ler mais por aqui enviem e-mail para [email protected]

Beijos,

Tags:, , ,

Vai viajar, mas o peso máximo da mala é 10 quilos, e agora?

Oii, gurias!

Tudo bem?

Vocês devem ter visto que desde o mês passado as companhias áreas começaram a cobrar 30 reais a mais para poder levar uma mala de 23kg. E para quem quer economizar, mas é daquelas que vê um unicórnio no armário e pensa “Ah vou levar, vai que precisa”, já começou a suar frio. Então hoje resolvi dar dicas para ajudar a fazer uma mala de 10 quilos para uma viagem de uma semana.

A primeira coisa, quando se tem pouco espaço, é pensar na roupa que se vai usar para ir viajar. Sendo assim, dê preferência por ir usando uma calça jeans, pois é algo que pesa. Escolha também um casaco que seja básico, que dê tanto para usar de manhã, quando a noite, normalmente cores neutras como preto, azul marinho e cinza escuro são boas opções. O sapato também, se vai querer levar uma bota já vá com ela. Se for levar manta, luvas e gorro, sempre que possível já vá usando.

Feito isso, procure levar duas calças, que não sejam jeans, pois pesam bem menos e são mais maleáveis de arrumar na mala. Vestidos são ótimos também, pois já são um look completo e para o inverno dá para usar com meia calça fio 80, fica quentinho e ocupa bem pouco espaço.

Por fim escolha blusas que não amassam, assim é possível fazer rolinhos com as blusas. Se for levar um chapéu coloque coisas dentro dele, pois além de não amassa-lo, diminui o espaço que ele ocupa.

Na hora de escolher as roupas, escolha as que são possíveis fazer várias combinações, por exemplo, um blusão que pode ser combinado com três blusas e todas as calças que está levando. Invista também nos acessórios, pois um colar pode mudar um look, um vestido de dia pode ser tornar um de noite e vice-versa. Leve no máximo um sapato, além do que está usando, porque sapatos costumam pesar.

E por fim, olhem esses vídeos que trazem ideias de como ajeitar as roupas na mala, com certeza irá otimizar muito o espaço.

E alguns looks inspiração:

E ai gurias, gostaram? Contem aqui em baixo o que acharam!

Para mais inspirações sigam a minha página @essencianovestir ou a página no facebook

E para sugestões do que vocês querem ler mais por aqui enviem e-mail para [email protected]

Beijos,

Tags:, , , ,