E quando o corpo muda?

Oii, gurias! Tudo bem?

Muitas pessoas buscam a consultoria de imagem em momentos de transição, principalmente quando essa mudança é o próprio corpo. Esses dias conversando com a minha prima, Carolina Calazans que fez cirurgia bariátrica há uns 4 anos, me surgiu a ideia de questionar como foi a adaptação dela ao novo corpo e aproveitar o tema e dar dicas sobre o assunto. Afinal é ótimo perder uns quilinhos e poder se esbaldar escolhendo “modelitos”.

A primeira curiosidade que tive em relação a essa transição dela, foi saber qual o maior desafio que enfrentou na hora de escolher as roupas, segue a resposta:

Carolina C.: Meu maior desafio foi me enxergar magra, pois tudo mudou muito rápido. Então sempre que ia comprar uma peça nova pegava um número maior, e as roupas não ficavam tão legais.

Dica: quando mudamos o corpo, é preciso se adaptar ao novo formato, então pegar uma peça em dois tamanhos economiza tempo na hora de ir ao provador.

Pergunta: foi possível salvar alguma roupa?

Carolina C: não deu para salvar nada, tudo era muito grande, tive que doar tudo. Precisei fazer um guarda roupa completamente novo.

Dica: se a perda de peso foi tão radical quanto a dela, realmente fica muito difícil fazer ajustes, mas se foi apenas alguns quilinhos, é possível apertar o cós da calça, ou ainda transforma blusas mais cumpridas em vestidos, com um cintinho, como esse exemplo abaixo:

Pergunta: Tu acreditas que teu estilo mudou?

Carolina C: Meu estilo não mudou, embora as pessoas acharem que sim. O que mudou foi as roupas que eu curtia me servirem, a moda plus size na época era horrível, hoje em dia está bem melhor.

Dica: estar acima do peso, não impede de ter o seu estilo, mas também acredito que a moda plus size de fato evoluí muito, então para quem ainda não perdeu os quilinhos extras, segue abaixo algumas inspirações:

Pergunta: Qual foi a peça que mais fez tu ficar feliz em poder usar?

Carolina C: foram muitas peças, fiquei feliz em vestir uma calça jeans 38, coisa que eu nunca tinha feito. Casacos com cortes lindos, blusas e principalmente vestidos, me realizava nos provadores das lojas, vestidos de festa então nem se fala. Ahhhh, conseguir usar um salto alto sem sentir dores horríveis foi maravilhoso.

Dica: para quem perdeu uns quilinhos, é ótimo marcar a cintura, pois além de deixar mais feminina, valoriza o novo shape.

Pergunta: quais os cuidados que tu ainda tens na hora de escolher a roupa?

Carolina C: Sempre tenho a sensação que a roupa não vai me servir, então sempre escolho dois tamanhos. Procuro, também, vestir coisas que não marquem de mais, que me deixem mais “magrinha” e com estilo. A sensação de gostar de uma roupa e ter meu número é sensacional!

Abaixo a própria Carol com looks que ajudam a alongar:

Vestido da mesma cor e marcando a cintura

Vestido com listra lateral, ajuda a dar a sensação visual de que o corpo é mais fino, ou seja, alonga.

Querem conhecer mais da história da Carol? Sigam ela no instagram: @karolzinhacalazans

Gostaram das dicas? Não deixem de comentar!

Para mais inspirações sobre a consultoria de imagem sigam a minha página @essencianovestir ou a página no facebook.

E para sugestões do que vocês querem ler mais por aqui enviem e-mail para [email protected]

Beijos,

Tags:, , ,