Com que roupa eu vou?

Na última semana uma polêmica invadiu a internet. A diretora do Procon-PR, Claudia Silvano, deu uma entrevista a uma TV local, mas o que chamou atenção não foi o que ela falou, mas sim o que ela vestiu. Quem acompanhou a entrevista pode ter se questionado o que diz as regras de etiqueta corporativa em relação à vestimentas, é o chamado: DRESS CODE.

Se ainda há duvidas: não, ela não estava de pijamas. Ela tem seu estilo próprio, gosta de roupas confortáveis e coloridas e seu ambiente de trabalho permite que ela se vista da forma que se sente melhor.

A apresentação pessoal é uma das primeiras e principais linguagens corporativas e por isso, hoje as empresas estão mais preocupadas em definir suas regras de vestimentas, como uma forma de transmitir seus valores e cultura a seus funcionários e também a seus clientes.

E para não errar, listei algumas dicas para não errar na hora de se produzir para um dia de trabalho:

  • Sensualidade ou festivo: este é um tema unânime! Evite roupas muito curtas, justas ou com transparências. E isso se aplica também para os homens: calças ou camisas muito justas não ficam legais.
  • Excessos: este item é bem abrangente. Evite todos os excessos: a menos que seu cargo peça, evite maquiagem muito pesada. Perfumes seguem a mesma ideia, até por questão de saúde, muitas pessoas tem alergia, então evite constrangimentos e escolha perfumes mais suaves. Muitos acessórios também fogem do visual corporativo, e imagine também você trabalhando ao lado de uma pessoa com diversas pulseiras fazendo barulho toda vez que ela usa o computador ou escreve alguma coisa? (já passei por isso, e não é legal para sua concentração e foco no trabalho).
  • Desleixo: sua imagem será sempre relacionada à sua competência, por isso é importante cuidar também da higiene pessoal e cuidados básicos. Cabelos bem alinhados, unhas: se seu trabalho não restringe o uso de esmaltes pode abusar das cores que mais gosta, porém não fique com o esmalte desbotado ou descascado. É melhor não usar nada do que estar com o esmalte desgastado.

 

Você não precisa comprar roupas de grife ou da última moda, mas é essencial que elas estejam sempre limpas, não estejam amassadas, analise se não falta botão, se a peça não está descosturada.

O mesmo vale para os calçados: sempre limpos, evite saltos muito altos, por ser desconfortável e pode atrapalhar sua mobilidade.

E não deixe de usar o acessório “coringa” que costuma melhorar qualquer look: SEU SORRISO e então transmita através de sua aparência, o quão competente, organizada e dedicada você é!

E aí? Qual seu estilo para trabalhar? Não deixem de comentar!

Escreva para reuniã[email protected] ou entre em contato por meio das redes sociais do portal A Confraria das Divas e deixe sua sugestão de tema para falarmos aqui!

Beijo e boa semana, meninas!

Tags: