Como ser criativa na minha profissão?

Você se considera uma pessoa criativa? Muitas pessoas acreditam que a criatividade é uma
habilidade nata e que, se eu não nasci com ela, não posso me tornar uma pessoa criativa.

Mas essa é apenas uma crença que pode atrapalhar muito nossa carreira.

Todas nos podemos desenvolver uma mente criativa e aplicar no dia a dia para melhorar nossa rotina ou criar novas oportunidades.

É importante ter mente aberta para assimilar novos conceitos e mudanças. Hoje, o profissional que é resistente às mudanças, acaba ficando para trás. E criatividade não se trata apenas de criar produtos novos e únicos, podemos aplicar a criatividade também para melhorar o que já temos: melhorar um processo, reduzir custo ou tempo gasto em determinada tarefa… sim, acredite que é possível utilizar a criatividade também naquilo que já existe!

Para desenvolvermos nosso potencial criativo, devemos primeiramente, nos desconectar de
algumas crenças limitantes, como:

  • Nada pode ser melhorado…
  • Não sou capaz de inovar…
  • Isso não é minha responsabilidade…
  • O que vão pensar desta minha ideia?
  • Não fui contratada para isso.

Muitas vezes nem percebemos que temos essas crenças e acabamos por reproduzi-las inconscientemente e então nos boicotamos.

Então, que tal mudar essa concepção e nos tornar profissionais mais criativas? Não existe um botão que apertamos para ligar a criatividade em nós… ser criativa exige atenção, disciplina e muita prática.

E para você que deseja melhorar sua criatividade, eu separei 5 dicas para você colocar em prática hoje mesmo, vamos lá?

1. Curiosidade

As mulheres são seres curiosos por natureza, mas muitas vezes acabamos reprimindo essa curiosidade. Então, use essa criatividade a seu favor: observe as pessoas, pergunte o que elas estão fazendo (como e por quê?), entenda das rotinas do seu trabalho, dos problemas e desafios que as pessoas têm. Sabendo mais, é possível pensar em soluções.

2. Cultura

É notório que as pessoas mais criativas atuam nas áreas de cultura: música, cinema, teatro, literatura. Consuma estes produtos… leia mais livros, assista filmes de diferentes gêneros para estimular seu senso crítico, procure por programas diferentes para que você tenha riqueza de conteúdo.

3. Diversidade

Se você fizer sempre as mesmas coisas, com as mesmas pessoas, é possível que entre numa fase de comodismo. Estimule seu cérebro através da diversidade: converse com pessoas que tenham opiniões diferentes da sua, visite lugares que nunca foi. Quando nos permitimos conhecer coisas novas, nosso cérebro faz novas conexões e ficamos mais ativas.

4. Ouça sua criança interior

Um dos motivos de não sermos tão criativas, é ter deixado nossa criança adormecida. E é normal que isto aconteça… com as responsabilidades que assumimos conforme vamos crescendo, acabamos por deixar de lado, nosso lado infantil e imaginativo. Porém, ele pode andar lado a lado com nossa vida mais responsável. Sempre que possível, pense em como você reagiria se fosse ainda uma criança… dê asas à sua imaginação e perceba como facilmente um problema será resolvido.

5. Anote seus insights

É comum surgir ideias quando não estamos pensando e buscando por elas. Podemos estar envolvidos em outra atividade ou até mesmo apenas descansando e de repente “voila”, surge uma ideia original! Tenha o habito de anotar suas ideias, mesmo que elas não façam sentido num primeiro momento. Dê atenção a este insight criativo. As melhores ideias acontecem quando menos esperamos!

A criatividade contribui para melhorar tudo à nossa volta… Utilize a seu favor e destaque-se onde estiver!

Tem algum tema que gostaria de ver aqui no Blog?

Escreva para reuniã[email protected] ou entre em contato por meio das redes sociais do portal A Confraria das Divas e deixe sua sugestão!

Boa semana e Boas ideias para você!

Tags:, , , ,