O poder das vitaminas para as mamães!

Olá, meninas!

Hoje venho falar pra vocês sobre a importância das vitaminas durante a gestação e após o parto também!  Geralmente logo na primeira consulta uma das primeiras indicações do obstetra é verificar como estão as vitaminas do nosso corpo. Mantê-las nos níveis normais é ideal para uma gestação saudável.

Caso as vitaminas não estejam equilibradas, como foi o meu caso, o médico indica a reposição. Elas servem para prevenir perda óssea, anemia, ajudam na formação de DNA do feto e geralmente são ingeridas em cápsulas, ou dependendo da necessidade da mamãe, pode ser injetável também.

No meu caso, usei as compostas de ferro, zinco, cálcio, vitaminas c, d, b6, b12 e acido fólico. Tudo isso auxilia a ganha de peso do bebê e evita que ele nasça prematuro também. Mas, cuidado! Nada de sair comprando vitaminas por aí sem a indicação do seu médico, pois caso ingerida em excesso, pode causar mal a você e à vida que se forma em você.

Por isso, sempre bato na tecla da importância do acompanhamento pré natal. Durante toda a gestação seu médico pode pedir exames de sangue para ver se tudo corre bem e você aprenderá a curtir até as agulhadas! rs. Lembre-se:  para que as vitaminas consigam fazer seu papel, você também precisa fazer o seu. É necessário manter uma alimentação saudável, isso é essencial em todas as fases da vida, mas na gestação o cuidado tem que ser ainda maior.

Eu precisei manter o uso das vitaminas mesmo após o parto, pois o médico me explicou que, no meu caso, o uso no período da amamentação era essencial para ajudar o meu corpo a transferir as vitaminas necessárias ao meu bebê, além disso, precisamos estar bem nessa fase para dar conta da nova rotina e do serzinho que dependerá exclusivamente de nós!

Por hoje é isso. Se tiverem algum assunto específico que gostariam que eu falasse, pode mandar nas redes sociais do Portal. Se quiser compartilhar a sua experiência sobre o assunto comigo, vou adorar saber. Comenta aqui ou envia um email  [email protected]