Plataforma é criada para incentivar mulheres a empreender

O sucesso da startup Atena Haus, plataforma de incentivo ao protagonismo feminino, fez com que uma nova temporada de cursos on-line por assinatura fosse lançada no final de 2017. Segundo a CEO, Vivian Vianna, após uma pesquisa com mais de 500 participantes do site e um período de reavaliação do conteúdo, a estrutura dos cursos foi adaptada.

Os novos assuntos estão de acordo com as necessidades identificadas, abordaremos conhecimentos relacionados a empreendedorismo e gestão de empresas. Entre os temas de maior interesse estão finanças, planejamento de negócio, gestão, marketing, vendas e precificação. Buscamos profissionais com vasta experiência nesses temas para apresentarem as novas aulas“, conta Vianna.

No lançamento da nova temporada, seis novos cursos entrarão no ar. Entre eles estão “Finanças em 05 passos”, apresentado pela educadora financeira comportamental, Janina Jacino, “Vendas para quem não sabe vender (mas precisa)“, criado por Amanda Lima, consultora em gestão comercial e vendas para micro e pequenas empresas, “Como atrair seus primeiros clientes”, uma introdução ao marketing, apresentado pela própria Vivian Vianna, que tem experiência de 13 anos na área, e “Planejamento financeiro para startups”, apresentado por Rubia Basille, especialista em gestão financeira.

Aulas sobre questões jurídicas para iniciar um negócio, funil de vendas, vendas B2B e aplicação de criptomoedas nos negocios também estão na programação. Serão disponibilizados ao menos quatro novos cursos por mês.

A plataforma tecnológica da Atena Haus também foi reformulada, para melhorar a usabilidade e a experiência de aprendizagem. “Passamos a contar com a consultoria pedagógica de Mayra Oliveira, que tem experiência em educação e na criação de aplicativos de EAD. Ela faz a ponte entre o conteúdo e a tecnologia, propondo o uso de ferramentas tecnológicas e didáticas para tornar as aulas mais dinâmicas e fáceis de assimilar”, completa Vivian.

Outra novidade, é que agora as assinaturas podem ser efetuadas anualmente, semestralmente ou mensalmente. A expectativa é a de que até o final de 2017 a startup conte com pelo menos mil novas assinantes da plataforma.

 

Leia também