Previdência garante boa saúde financeira

Tão importante quanto cuidar da saúde, planejar a vida financeira é fundamental. Planos de previdência são uma opção para acumular recursos para assegurar tranquilidade e estabilidade no futuro.

Por Jeferson Rasmussen Betemps

Você certamente se preocupa com a sua saúde. Manter uma alimentação balanceada, praticar exercícios físicos, consultas e exames periódicos, tudo isso embasa não só a longevidade, mas, principalmente, a qualidade de vida que permeará o futuro. A saúde financeira também requer cuidados e planejamento.

Assim como tratar de uma doença já estabelecida é muito mais arriscado do que a prevenção, uma situação econômica estável precisa ser planejada para tonar-se alcançável. E não é tão difícil quanto possa parecer. Assim como a escolha de subir e descer pelas escadas, em vez de usar o elevador, já ajuda a quem não tem tempo para fazer exercícios, poupar 10% da renda para o futuro – deixando 90% dela livre para ser usufruída no presente – pode garantir uma aposentadoria mais tranquila.

img_previdencia

Atualmente cerca de 70% dos aposentados recebem apenas um salário mínimo de benefício. Além disso, estudos realizados pelo mercado de previdência privada apontam que oito em cada dez aposentados se arrependem de não terem se preparado financeiramente para esta fase da vida. Isso pode ser entendido como uma consequência direta, obviamente, da falta de planejamento e do imediatismo. Afinal, postergar nossa satisfação pessoal é um sacrifício, mesmo que seja para potencializá-la nos anos por vir.

Essa necessidade de viver o atual, de pensar apenas no curto prazo, foi essencial para o homem das cavernas, quando não havia certeza nenhuma sobre o amanhã, mas é um obstáculo para as metas da vida moderna, cheia de possibilidades. Atualmente, na escolha entre desfrutar de uma determinada quantia agora ou investi-la e vê-la ampliada em alguns anos, a segunda opção é sem dúvidas a mais frutífera. Porém, este processo de equilibrar as necessidades, desejos imediatos com um futuro mais tranquilo, não deve se tornar um sacrifício.

mulher-cofrinho-625x340

A alternativa que consegue atender a essa necessidade de balancear planejamento a longo prazo e satisfação imediata é a previdência privada, que, tal qual um personal trainer, ajusta-se não só às necessidades específicas, mas também às possibilidades e rotina de cada pessoa. Pode-se decidir o valor de contribuição, a periodicidade e o perfil do investimento onde seus recursos serão aplicados.

Tudo isso, claro, baseado nos objetivos particulares de quem contrata. Seja complementação da aposentadoria, ou a concretização de sonhos, como, por exemplo, abrir um negócio próprio, investir um ano em viagens ou estudos, adquirir um imóvel ou até mesmo obter benefícios fiscais.

Os planos de previdência são uma opção para acumular recursos para assegurar essa tranquilidade e estabilidade no futuro. Além de poder programar uma renda futura, é possível escolher o plano e o fundo em que serão aplicadas suas reservas, com total transparência na gestão dos recursos. A previdência é o ponto de equilíbrio entre aproveitar o hoje e guardar para o amanhã, é mais um dos segredos para uma boa saúde financeira.

*Jeferson Rasmussen Betemps é gerente de Produtos Vida, Previdência e Sinistros da Corretora de Seguros Sicredi.

 

Leia também