É possível se alimentar bem nas festas de fim de ano?

Nutricionista compartilha algumas dicas fáceis para garantir uma ceia de fim de ano saborosa, mas saudável. Afinal, não queremos influenciar no início dos treinos para a Maratona do Rio 2018!

“As festas de fim de ano estão chegando e, com elas, a preocupação de comprometer tudo o que foi conquistado ao longo do ano. Nessa epóca, onde as comemorações são intermináveis, é preciso ter muita disciplina e foco.

A recomendação principal para esse período é não deixar de fazer atividade física. Em períodos onde a ingestão calórica é maior, é necessário que o gasto calórico também seja maior. Assim, conseguimos manter a balança de ingestão x gasto calórico equilibrada, minimizando os efeitos dos exageros de final de ano.

Com relação a alimentação, é importante manter as refeições de forma regular ao longo do dia para não chegar no evento com muita fome. Comece a refeição por uma salada, que é bastante rica em fibras e oferece saciedade. Na hora de montar o prato principal, escolha sempre uma proteína magra (peru é uma excelente escolha), acompanhada de uma porção de carboidrato integral e, para a sobremesa, aproveite a variedade de frutas que são oferecidas na ceia de natal.

Os maiores vilões da ceia de natal são as sobremesas, farofa, carne de porco e salpicão. Para tornar essas receitas mais saudáveis, substitua o creme de leite por iogurte, as preparações fritas por assadas, a farinha de mandioca industrializada por farinha de oleaginosas e a batata por batata doce ou aipim nos acompanhamentos.

Se a sua ceia tiver um prato que você goste muito, consuma, mas em pequenas porções.As frutas secas (tâmaras, damasco, uva passa), podem ser utilizadas como aperitivo, porém, com bastante moderação, uma vez que possuem alto teor de carboidratos. As oleaginosas (Castanhas, amêndoas, nozes) também são boas opções por serem ricas em fibras, vitaminas e minerais – mas também precisam ser consumidas em pequenas quantidades. Consuma bastante líquido, modere na ingestão de bebidas alcoólicas e aproveite as festas sem peso na consciência!

Leia também