Uma modalidade, vários benefícios! Vamos “pilatear”?

Muitos são os benefícios da prática do Pilates. Atividade ajuda na correção da postura, fortalecimento muscular, combate ao estresse e até emagrecimento.

Os movimentos repetitivos e as atividades rotineiras de uma academia tradicional de ginástica nem sempre agradam a todos.  Muitas vezes os alunos sentem-se desmotivados e até deixam de treinar por acharem que todas as atividades são estafantes. Por isso, é importante que se busque, entre diversas modalidades, a que realmente tem mais a ver com seu estilo de vida.

Nos últimos anos uma atividade que tem conquistado muitos adeptos é o Pilates. Esse método de condicionamento físico e mental foi criado pelo alemão Joseph Pilates (1880-1967) e, mesmo com exercícios aparentemente suaves, os movimentos realizados  proporcionam o alongamento e a fortificação do corpo, além de melhorar a respiração, desenvolver consciência e equilíbrio corporal, melhorar a coordenação motora e a mobilidade articular e, ainda, proporcionar relaxamento.

015

Para o fisioterapeuta e instrutor de Pilates, Antônio Cláudio Fretz, do Maha, em São Paulo, a atividade está em evidência entre os brasileiros por ser completa. ” O Pilates se tornou ‘febre’ porque é uma atividade que tonifica a musculatura, combate a flacidez, melhora a postura, não é entediante, pois o repertório de exercícios é imenso e, ainda por cima, é necessário o acompanhamento de um instrutor a aula inteira, ou seja , o índice de lesão é baixíssimo”, explica.

Além dos resultados eficazes, menos desgaste das articulações e dos músculos, o domínio da respiração traz outro benefício para quem pratica Pilates: o controle da ansiedade! Então, a modalidade também serve de escudo contra o estresse e a fadiga.

Mas os benefícios não terminam por aí! O método proporciona uma boa mobilidade articular, um bom alongamento das fibras musculares e ainda um ganho muito significativo de fortalecimento da musculatura mais profunda do corpo. “Além da parte do conforto, temos ainda o ganho com uma definição muscular, além de proporcionar disposição, concentração, melhorar a autoestima e a sensação de bem-estar”, explica o fisioterapeuta e instrutor de Pilates do Maha.

Apesar de não ter restrições de gênero, a atividades é muito procurada pelas mulheres. “A prática ficou mais difundida entre as mulheres, pois  define o corpo sem deixar com aquele excesso de massa muscular, porém os homens podem fazer sem nenhum problema, aliás, cada vez mais os homens tem ingressado nessa modalidade”, conta Fretz.

023

Por ser um conjunto de exercícios de baixo impacto e de poucas repetições, o Pilates  é aberto a quase todas as faixas etárias, não sendo apenas indicado para crianças, pois além de ser uma atividade que engloba fortalecimento muscular, também exige controle respiratório, postural e concentração durante os exercícios.

ACOMPANHAMENTO PROFISSIONAL SEMPRE

Desde que indicado por um médico, quem sofre com problemas ósseos, musculares ou até de dores crônicas, pode encontrar no Pilates uma importante ajuda no tratamento de seu problema. Por isso, deve ser observado, ao procurar um estúdio para a prática, a formação dos instrutores, que devem ser educadores físicos ou fisioterapeutas.

Existem algumas precauções acerca da escolha dos exercícios a serem feitos individualmente pelo aluno. Normalmente os estúdios ou academias de Pilates fazem uma avaliação postural, que vai definir o que cada aluno pode ou não fazer, como explica a educara física  Aline Beatriz,do Studio Vida Ativa Pilates de São Francisco do Sul, Santa Catarina. “Depois de avaliado para ver qual o objetivo e o limite de cada praticante, é fundamental contar, durante a prática, com profissionais especializados, pois o a atenção do instrutor é essencial para corrigir a postura, a respiração e para ver se o aluno está ativando a ‘power house’ (que é a parte mais importante do corpo para Joseph Pilates,  constituída pela área entre a base da sua caixa torácica e a linha que vai de um quadril ao outro)”, explica Aline, que fala, ainda que se os exercícios não forem feitos da maneira correta, podem ter efeito inverso. ” Se o aluno não contrai o abdômen ou não respira direito está fazendo qualquer outro movimento, mas não Pilates. Além disso, se não executa os exercícios corretamente pode ter sérias lesões. O Pilates não deve jamais ser feito sem acompanhamento de um profissional”, relata a instrutora.

12122568_831828703582976_3642603569101888963_n

A educadora física Aline Beatriz. Foto: Arquivo pessoal.

EMAGRECIMENTO

Muitas pessoas desconhecem, mas além de trabalhar vários aspectos musculares do corpo, o Pilates pode auxiliar no emagrecimento. As atividades físicas convencionais tendem a trabalhar o emagrecimento através de práticas aeróbicas, ou por meio do fortalecimento do músculo, como a musculação, para deixar o corpo firme e forte. No caso do Pilates, com a série de exercícios, é possível obter os dois benefícios juntos: evitar a flacidez e perder medidas.

026

É fundamental frisar que o objetivo do Pilates não é a perda de peso, mas o emagrecimento é uma consequência que vem da prática e que pode ser potencializando quando combinada a outros tipos de exercícios. “O ideal mesmo é alinhar o Pilates com as atividades aeróbicas. Com a prática regular, de duas ou três vezes por semana, em apenas um mês já é possível sentir o corpo mais forte e equilibrado”, explica o fisioterapeuta do Maha.

Para quem quer aproveitar os benefícios mentais e físicos da modalidade, o recomendado é praticar o Pilates de duas a três vezes por semana dando intervalo entre um dia e o outro. As aulas duram normalmente uma hora. Em poucas semanas já sente-se o resultado. Já para quem deseja um corpo definido, os resultados demoram um pouco mais, em torno de três a seis meses dependendo do desempenho e tipo físico de cada indivíduo. “Com tantos benefícios, é fato que com o Pilates, o aluno terá um corpo mais flexível, mais forte e mais definido, se sentindo de bem com a vida”, finaliza Fretz.

Para saber mais, acesse: www.mahapilates.com.br.

Studio Vida Ativa Pilates: facebook.com/studiovidaativapilates

Leia também