Saiba como é feito um ensaio newborn

Por trás de lindas fotos é necessário higiene, produção e muito preparo profissional

Registrar os primeiros dias de vida de um bebê é eternizar uma recordação para a vida toda. Pequenos gestos, espontaneidade e o olhar do fotógrafo são detalhes que retratam o melhor do ensaio, mas para se chegar a um resultado final de encher os olhos de quem vê, é preciso muito preparo profissional, cuidados com a higienização de ambientes e objetos e, também, o estilo fotográfico trabalhado.

Abaixo, conheça os segredos do ensaio newborn (recém-nascidos) e acompanhe como é feita a produção de uma sessão fotográfica com bebês que acabaram de chegar ao mundo:

1-   Higienização

Antes mesmo de o bebê chegar é preciso preparar o ambiente. Não apenas para recém-nascidos, mas para bebês de qualquer idade, o espaço onde acontecerá o ensaio deve ser higienizado corretamente. “A limpeza é feita com água e produtos neutros, além de álcool gel a 70%. A assepsia do ambiente é fundamental para a segurança do bebê e dos profissionais envolvidos na sessão”, explica o fotógrafo Roni Sanches.

 

2-   Objetos e acessórios

 

 

 

Conhecidos como “props”, os acessórios e objetos que são utilizados nas sessões devem estar todos a mão, pois facilita a sua rápida manipulação durante as fotos. Esses também merecem cuidados especiais. “Itens como toucas, laços e adornos em geral são higienizados imediatamente após um ensaio realizado, além das cenografias. Após esta etapa, são separados por gênero menino ou menina e ficam disponíveis para os pais terem a liberdade de escolher o que gostariam de usar no bebê, gerando fotos diferentes”, explica Sanches. “Acessórios de qualidade e bem produzidos dão um toque especial a qualquer ensaio”, completa.

 

3-   Iluminação

Luz natural é sempre inspiração para ensaios infantis, principalmente de recém-nascidos. Por isso, priorizar o período em que serão realizadas as fotos é um grande truque para um resultado ainda mais bonito. “Nos dias mais escuros e chuvosos, a iluminação artificial pode ser usada. A opção que usamos é a light cold de quatro lâmpadas, que ajuda a simular a luz do dia e o resultado é bem parecido com o natural”, comenta Sanches.

 

4-   Manipulação do bebê

Higienizar as mãos frequentemente é item obrigatório nos ensaios fotográficos. Na hora de lavar as mãos, fazê-la com água e sabão antisséptico e, após secar as mãos, espalhar uma pequena quantidade de álcool gel a 70% sobre mãos e punhos, é recomendação para todos os profissionais. “Também é utilizado luvas de vinil para manipular os bebês durante o ensaio e máscaras cirúrgicas”, explica a artista plástica do Estúdio Roni Sanches, Adriana Sanches.

 

5-   Tempo ao Tempo

Um registro aqui, outro ali e o bebê acorda para mamar ou trocar a fralda. Fazer o ensaio no tempo do bebê é um dos segredos para não deixá-lo agitado. Além disso, esses intervalos também podem gerar importantes registros fotográficos espontâneos. “O bebê é quem conduz o ensaio. É um book afetivo, em que a interação entre mãe, pai e filho é muito estimulada e rende fotos lindas”, explica Adriana.

 

6-   Olhar artístico

Os melhores momentos são os espontâneos, um bocejo, um carinho dos pais, um sorriso. “Nossas inspirações são construídas a partir da história de cada família que nos procura. A chegada de um bebê sempre vem carregada de emoções que, muitas vezes, são retratadas nas fotos. A sensibilidade do fotógrafo para registrar o conceito do que é passado em uma história, faz com que o registro seja eternizado em pequenos detalhes, de uma produção delicada a um olhar fotográfico rápido e sensível”, afirma Roni Sanches.

Leia também