5 vinhos para Páscoa até 50 reais

Sommelier da Sonoma sugere rótulos deliciosos para harmonizar com os quitutes da época

Páscoa combina sempre com bacalhau e chocolate, mas é normal bater aquela dúvida na hora de escolher os vinhos que harmonizam com as delícias desta data comemorativa. Por isso mesmo, Manuel Luz, sommelier da Sonoma, e-commerce de vinhos premium que faz entregas em 90 minutos em São Paulo, faz cinco sugestões de vinhos até R$ 50,00 que harmonizam com bacalhau, doces à base de chocolate e colombas pascais e são apostas ótimas para o almoço de Páscoa.

A primeira sugestão é um Bodegas Norton Late Harvest Branco 2017, considerado a gota de mel da região de Mendoza. Este é um vinho feito com uvas passas secas na própria videira. A uva perde â…“ do seu suco e concentra açúcares, o que dá seu adocicado natural do vinho. São boas pedidas para beber bem gelado. O Norton Late Harvest 2016 é feito de Chardonnay e tem sabor rico, com doçura bem balanceada pela excelente acidez. Combina perfeitamente com chocolate e colombas pascais.

Outra opção é o Bodega Cristo de la Vega “Sotanillo” Frizzante Blanco, um belo exemplo do vinho frisante que faz sucesso nas ilhas paradisíacas e praias da Espanha e tem tudo a ver com a Páscoa. Ele é deliciosamente refrescante, com pouca graduação alcoólica e um gás que dá deliciosas agulhadinhas na ponta da língua. Ao degustar, percebemos de imediato muita fruta cítrica no olfato, o que se confirma no paladar: salada de fruta temperada com raspas de limão. Uma delícia, leve, fresco, animado, para beber aos grandes e generosos goles. Manuel sugere este rótulo para receber a família e os amigos acompanhado de entradas leves.

Para os que preferem um vinho tinto, a sugestão é o Bodegas Volver Venta Morales Tempranillo 2016. Quem já provou os vinhos de Castilla e de La Mancha sabe da reputação dos vinhos de lá. A província é enorme, fica bem no meio da Espanha, e a vitivinicultura está tão arraigada na região que 50% de sua superfície é composta por vinhedos! O resultado disso tudo é uma uva bem amadurecida, que gera vinhos plenos, frutados, de paladar agradável, levemente amadeirado e fácil, tal qual este rótulo. Harmoniza perfeitamente com pratos com bacalhau.

Uma alternativa de tinto é o Pucon Syrah Reserva 2017. Saboroso, complexo, maduro, o Pucon Syrah é um Reserva de alto nível. No Chile, devido ao calor e solo de origem vulcânica recente, atinge incrível amadurecimento e ganha corpo, riqueza e taninos muito maduros. O Syrah Reserva Pucon nos mostra isso e muito mais na taça. A cor é bem escura, o aroma traz grafite, mineralidade mesclada com muita fruta madura e especiarias. O sabor é bem redondo, cheio de fruta negra, mentol, e taninos muito maduros, quase doces. Combina com quitutes de bacalhau um pouco mais gordurosos, como bolinhos e assados regados a muito azeite.

Por fim, uma surpresa para a Páscoa: o Caves Campelo Vinho Verde “Miranda” 2016, um vinho verde leve, delicioso, superior a muitos “famosos” do mercado, a um custo bem acessível! A combinação de Loureiro, Trajadura e Arinto formaram um vinho lindo, leve, mas nem um pouco enjoativo, pois tem acidez de pera verde, tarefa dedicada a Arinto. Os aromas se abrem em limão, capim cidreira e chá de camomila que se confirma em boca. Uma delícia para se divertir bem gelado, em grandes goles, com comidinhas que estiverem ao alcance das mãos. Este vai muito bem com entradas leves e durante o almoço, para acompanhar saladas e peixes.

Leia também