Universidade oferece tratamento odontológico gratuito para crianças

O tratamento é para crianças com idade entre 10 e 14 anos, com má-oclusão dentária de Classe II (retrognatismo mandibular).

A Clínica de Odontologia da Universidade Positivo (UP) está oferecendo, gratuitamente, tratamento para crianças com idade entre 10 e 14 anos com má-oclusão dentária de Classe II (retrognatismo mandibular). O problema é caracterizado pela desarmonização das arcadas dentárias, em que a parte inferior é muito recuada, causando, à primeira vista, diminuição do queixo e mordida incorreta.

Para receber o tratamento, é preciso agendar a consulta previamente, comparecer à clínica e passar por uma triagem para saber se a criança possui a patologia. Após o diagnóstico, o paciente será encaminhado para realizar os exames necessários. Todos os aparelhos ortodônticos e toda a manutenção serão gratuitos.

O idealizador do projeto é o professor da Pós-Graduação em Ortodontia da Universidade Positivo, Dr. Alexandre Moro, que possui uma linha de pesquisa sobre a utilização dos aparelhos propulsores mandibulares. Várias pesquisas já foram realizadas na UP sobre esse tema, inclusive com a participação das Universidades de Michigan (EUA) e Alberta (Canadá). O projeto será executado pela doutoranda em Odontologia da Universidade Positivo, Nathaly Morais, que explica que a idade dos 10 aos 14 anos é a ideal para o tratamento, uma vez que o diagnóstico é mais preciso e a criança ainda está em fase de crescimento. “O objetivo da pesquisa é comparar dois tipos de aparelhos que servem para melhorar o perfil do paciente (propulsores mandibulares), ou seja, além de melhorar a mordida, ainda queremos melhorar o perfil facial desses pacientes”.

As crianças selecionadas serão atendidas por alunos dos cursos de Pós-Graduação em Ortodontia da UP. A avaliação será realizada no sábado, 2 de dezembro, de 9h às 11h, na Clínica de Odontologia. O agendamento deve ser feito pelo telefone (41) 3317-3181 ou (41) 3317-3438.

Leia também