Mundo Meu

Oie, pessoal!

Espero poder compartilhar com você aqui nesta coluna quinzenal algumas dicas e vivências sobre todo o universo de viagens e turismo. É um turbilhão de informações, e bem por isso, é um nicho muito inspirador. Para quem gosta do assunto, teremos muito papo daqui pra frente. Quero compartilhar tudo o que for de utilidade para quem ama viajar como eu. Por isso, escolhi esse nome para a coluna: Mundo Meu.
Quem tem o sonho de conhecer o planeta inteirinho, como eu? Vambora!
Desde a adolescência tenho a vontade de escrever sobre viagens, seus destinos maravilhosos, culturas, paisagens e gastronomia encantadoras. E pensei: tantas coisas a compartilhar, tantos sonhos para idealizar, sim, porque cada lugar que viajo, é uma conquista, um sonho realizado. Não interessa se o destino está a 100 Km ou 10000 Km da minha linda Curitiba, se é para acampar ou ir a um Resort luxuoso, pois a emoção de explorar um novo lugar é fascinante, sempre renovadora. Com certeza será um lindo aprendizado! Espero que gostem! Vamos estrear falando de fotografia, uma das minhas paixões. Por que ela é tão importante?

Mundo Meu - Shutterstock
Porque é nela que ficarão as lembranças de dias que você não quer esquecer e, assim como eles, as imagens merecem ser memoráveis. Mas, como fazer fotos que transmitam toda a experiência e a beleza daquele lugar do seu jeito e com a sua cara?
Não se preocupe, ninguém precisa ser um fotógrafo profissional e nem ter aquele equipamento para fazer registros incríveis e fazer jus a um passeio inesquecível. Para te ajudar, listo aqui dicas para arrasar nas fotos de viagem:

  • Pesquise o destino

É claro que você decidiu seu destino porque tem algo nele que você deseja conhecer, mas, muitas vezes, as cidades escondem belezas que a maioria das pessoas não percebe. Por isso, vale a pena pesquisar mais minuciosamente sobre o local e procurar outras fotografias dos pontos por onde você vai passar para ter uma primeira inspiração e referência — e até mesmo para não repetir o mesmo ângulo ou a mesma ideia que todo mundo já teve.

  • Aproveite a luz natural

A luz das primeiras horas do dia é uma das melhores para fotografar. Combine isso aos detalhes e belezas do lugar onde você está e crie imagens divinas. Essa é a oportunidade de fotografar os lugares vazios, sem o grande movimento de pessoas e turistas. Aproveite!

  • Economize cliques

Analise o local, procure o melhor enquadramento ou iluminação até resultar em uma foto bacana, assim economiza bateria e espaço no cartão de memória. Aperte o botão quando sua imagem tiver os elementos que você gostaria, do jeito que quer mostrar. Não adianta tirar mil fotos e deletar 990.

  • Brinque com luz e sombras

A luz natural do sol permite efeitos fantásticos, com grandes contrastes, imagens na penumbra e silhuetas em evidência. Isso dá aquele toque mais artístico a sua foto. A dica é fotografar o objeto/ pessoa quando ele estiver de costas para a luz. Se você gosta de editar, passe tudo para o “Preto e Branco – PB”, esse efeito pode deixar a imagem ainda mais bonita.

  • Saia da zona de conforto

Quando se quer novos resultados e uma foto diferenciada, é importante fugir do óbvio. Teste novos ângulos e perspectivas. Experimente olhar para cima, subir em algo, deitar-se no chão, enfim, buscar um apoio que permita que encontre composições inusitadas.

  • Busque momentos únicos

Não esqueça de fazer fotos espontâneas e pegar aqueles momentos especiais das pessoas que te acompanharam na viagem e das novas amizades que fez. Selfies também podem divertir muito: ela une você, a paisagem e seus acompanhantes de viagem ao mesmo tempo, tornando tudo mais perfeito!

  • Boas surpresas e novidades

Esteja sempre com sua câmera por perto ou celular para clicar aquelas situações rápidas, mas que precisam ser registradas, como a expressão de alguém na rua, um traje típico, uma iguaria gastronômica, um animal que você nunca tinha visto, entre outras surpresas.

Agora quando você for viajar, leve sua câmera, cartão de memória extra e o carregador para não ficar sem bateria e correr o risco de perder qualquer registro importante!
Michelle Lara
Jornalista e Fotógrafa
[email protected]